Olá, bem-vinda(o) ao meu novo site! Já fico muito feliz em você ter vindo parar aqui, pois é um claro sinal de que tem, de alguma maneira, um real interesse em melhorar a sua alimentação e a sua saúde. E essa intenção pode se tornar uma ação, basta você querer.

PARA QUE ME CONHEÇA MELHOR, VOU CONTAR UM POUCO DA MINHA HISTÓRIA

Alimentação saudável sempre fez parte da minha vida. Na minha casa, meus pais sempre se alimentaram muito bem e, até hoje, praticam esportes regularmente. Buscar uma faculdade de Nutrição, portanto, foi um processo quase orgânico, natural. Eu mesma, quando pequena, achava estranho abrir a lancheira e não encontrar, pelo menos, uma saladinha de tomate e pepino, acredite!

Como bons descendentes de libaneses, todos os encontros da minha família sempre envolveram (e ainda envolvem!) muita comida. Isso fez com que eu fosse tomando gosto por observar os hábitos alimentares das outras pessoas e quisesse experimentar novos alimentos. Pois, somente dessa forma eu poderia ajudar outros a se alimentar de maneira mais saudável e mostrar os impactos positivos da boa alimentação.

E os impulsos são tantos e tão bons que, se você conhecesse meu pai agora, jamais acreditaria que ele tem 70 anos. Até hoje ele corre maratonas e possui um ótimo condicionamento físico.

Tenho certeza de que isso foi resultado de uma alimentação equilibrada por anos a fio.

Entrei na faculdade com vontade de me especializar em Nutrição Esportiva, já que eu praticava triathlon com acompanhamento de uma nutricionista. Achava incrível porque tudo o que ela falava era realmente importante para os meus treinos.

Mas como nem tudo a gente pode controlar, acabei indo trabalhar em um hospital logo no segundo ano da faculdade e a verdade é que me apaixonei por cuidar das pessoas por meio da alimentação.

Depois de formada, trabalhei alguns anos no Hospital Sírio-Libanês, onde aprendi quase tudo o que sei hoje. Como na época eu já atendia alguns pacientes particulares, resolvi deixar o hospital para me dedicar exclusivamente ao meu consultório e cá estou até hoje.

Minha felicidade está em poder ajudar as pessoas a comer de forma saudável, sem neuras, sem radicalismo e sempre respeitando a individualidade bioquímica de cada um.

O que pode ser saudável para mim, pode não funcionar para outra pessoa, por isso considero essencial me aprofundar na história dos meus pacientes para conhecê-los da melhor forma e sugerir o melhor caminho para uma alimentação equilibrada.

Acredito que a mudança de hábitos alimentares faz parte de um processo que envolve diversos aspectos – desde os emocionais até os energéticos. Por isso, muitas vezes, a mudança não é simplesmente colocar um alimento saudável no prato e continuar comendo em frente à televisão ou falando ao telefone ou respondendo um e-mail.

Acho que vale falar que sou apaixonada por cozinhar. Além de ser relaxante, acho muito interessante combinar sabores e assistir ao preparo do alimento. Isso traz mais consciência do que estamos comendo e é uma ótima maneira de começar a comer bem.

Espero que depois disso tudo você tenha se animado a mudar a sua alimentação ou, pelo menos, melhora-la. Te ajudar nessa escolha da maneira mais prazerosa possível será um prazer e uma missão.